Lançamento: Os Melhores contos de fadas Nórdicos (capa dura)

Código: C_NORDICOS
R$ 75,00
até 2x de R$ 37,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 75,00 Mercado Pago
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Contos de fadas antigos e raros que vieram diretamente dos países Nórdicos

Cultura, tradições e criaturas traduzidas dos livros antigos, em uma edição linda com 320 páginas e histórias ilustradas!

Entre dezenas de livros encantadores do passado, datando dos séculos XVII e XVIII, foram selecionados os melhores contos de fadas Nórdicos, que descobrem a cultura da Dinamarca, Suécia, Noruega, Islândia e Finlândia. Com mais de dez autores diferentes como Peter Asbjørnsen, Jørgen Moe, Klara Stroebe, Hans Christian Andersen, Parker Fillmore, Svend Grundtvig, Mrs. Angus W. Hall, Marie Timme, G. Djurklou, Helena Nyblom, Anna Wahlenberg, Selma Lagerlof e Helge Kjellin, o primeiro livro da Coleção Áurea está finalmente disponível no Brasil.

O livro alcançou mais de 500% da meta através de financiamento coletivo, contando com o apoio de mais de 1500 leitores.

 

25 contos de fadas populares e raros

Populares

A leste do sol e oeste da Lua      
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe      
Peer gynt      
Clara Stroebe       
Por que o mar é salgado      
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe      
A noiva da floresta      
Parker Fillmore      
Kari capa dura      
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe      
A criança trocada      
Selma Lagerlöf      
O Rei dragão      
Svend Grundtvig       
O castelo de Soria Moria       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe       
A giganta e o barco de granito       
Angus W. Hall       
O gato em Dovrefjell       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe       
Poderoso Mikko       
Parker Fillmore       
Rei Valemon, o urso branco       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe


Raros

A flor da Islândia       
Marie Jeserich Timme       
Lindaura e o velho Rei       
Anna Wahlenberg       
Lasse, meu vassalo   
G. Djurklou       
O anel       
Helena Nyblom       
Noiva galhuda       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe       
O homem de neve       
Hans Christian Andersen       
Heiemo e o Nøkk       
Anônimo       
A Saga do Alce e da Princesa Tuvstarr    
Helge Kjellin       
Pernacurta e os Trolls       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe       
O monte élfico       
Hans Christian Andersen       
O vizinho subterrâneo       
Peter Christen Asbjørnsen e Jørgen Moe       
Tempestade mágica       
Clara Stroebe       
A Última morada dos gigantes       
Marie Jeserich Timme      

 

 

320 páginas e informações complementares
Introdução, prefácio de Lúcia Dalcin e biografias de autores da coleção

 

Leia um trecho: A Última morada dos Gigantes

O vale e a montanha se alternavam em bela sucessão sob o céu azul da Noruega de milhares de anos atrás, assim como o fazem hoje, e a Corrente do Golfo fluía então como agora, passando pelas costas escarpadas; mas era uma terra muito diferente. Nas florestas densas, nenhum machado tinha sido ouvido contra os fortes troncos que os rios noruegueses carregariam para o mar, para flutuarem até o futuro como nobres navios sobre o coração do oceano; nas baías protegidas, nenhuma casa aninhada com cercanias caprichosamente cuidadas com jardins e campinas; nenhum barco ainda singrava o mar com redes e equipamento de pesca. Os homens ainda não tinham pensado nesta bela terra ao norte como morada.

Uma raça de gigantes, de compleição alta e potente, residia ali. A duração da vida deles era medida em séculos, assim como a nossa é medida em anos. Eles rachavam rochas em pedaços com as mãos e deixavam os grandes rios serem um canal livre. Carregavam enormes blocos nos ombros até a orla e construíam castelos cujas torres se assomavam até as nuvens. Sua voz afogava o rugido do oceano e assustava as águias nos ninhos. Mas essa poderosa raça, sob a qual o solo estremecia, tinha um caráter pacífico e inofensivo. Nenhuma querela os dividia e nenhuma inveja amargurava seus corações. Eles moravam juntos, como as crianças de uma grande família.
Seu chefe era Hrungnir. Seus companheiros se submetiam voluntariamente ao seu controle, pois ele se sobressaía a todos em idade, sabedoria e força, como um pai aos seus filhos.

Hrungnir morava em um esplêndido castelo junto ao mar. As montanhas da Noruega tiveram de ceder seus mais preciosos metais para adornar as paredes de sua gigantesca moradia por dentro e por fora. Os inúmeros rebanhos e manadas do chefe vagavam por quilômetros de terra, os ursos das florestas densas foram abatidos às centenas pelas suas mãos para que as peles pudessem cobrir almofadas para seus convidados, e as mesas e copos de chifre reluziam com pedras preciosas. Mas a propriedade mais valorizada por Hrungnir era Guru, sua única filha. Seu cabelo brilhava dourado como as estrelas da noite do norte, seus olhos eram azuis como o céu de sua terra nativa e sua pele era de uma brancura ofuscante.

Os gigantes mais poderosos de todo o país desejavam a mão de Guru, e Hrungnir prometeu a filha àquele que se sobressaísse em rapidez na corrida ou cujo braço fosse o mais forte para arremessar rochas enormes. Assim, os gigantes poderosos vieram de seus castelos nas montanhas, onde as tempestades de neve se estendiamm pelos picos primitivos, e de fortalezas junto ao mar, de modo que o teto de Hrungnir mal conseguiu dar abrigo à multidão de pretendentes. As mesas fumegavam com inúmeros pratos, os chifres de hidromel eram enchidos várias vezes, e, pelas janelas, as canções dos gigantes soavam com tanta força que as ondas fugiam aterrorizadas de volta para o mar.

Depois do banquete, os gigantes saíram para a costa, partiram enormes massas das rochas e as arremessaram ao mar como crianças jogariam pedrinhas. As massas de pedras voaram bem distantes sobre o oceano, mas nenhuma foi tão longe quanto a jogada pela mão de Andfind, o jovem valente cujo castelo se erguia em meio às rochas de Doverfjeld, destruída por tempestades, cuja riqueza quase se igualava à de Hrungnir, cuja beleza era comparável a da própria Guru. Então, quando os pretendentes se organizaram na orla para a corrida, e as pedrinhas ressoaram sob suas sandálias douradas, Andfind deixou todos os rivais para trás, e seus longos cachos louros flutuavam como pendões dourados na rocha que era a meta da corrida, enquanto os outros pretendentes ainda estavam se arrastando pelo caminho.

(continua no livro...)

O kit inclui

  • Os melhores Contos de Fadas Nórdicos, versão capa dura
  • Marcador de páginas

 

Produtos relacionados

R$ 75,00
até 2x de R$ 37,50 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Editora Wish é focada em literatura nórdica, europeia e contos de fadas. O catálogo preenche os principais caprichos de todo leitor exigente; são objetos de arte recheados de enredos capazes de presentear a imaginação com sensações, personagens e cenários autênticos e profundos. Conheça nossos livros e deixe-se encantar pelas histórias!

Social
Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Marina Avila Pierini - CNPJ: 19.014.895/0001-41 © Todos os direitos reservados. 2019